Logomarca

Finanças

Voltar

Veja sete dicas práticas para se organizar financeiramente

imagem

O Brasil ainda enfrenta sinais de retração econômica e esse período de incerteza acaba atrapalhando a vida da população. Alguns brasileiros conseguem chegar no fim do mês sem entrar no vermelho e ainda poupar dinheiro - na verdade, uma em cada quatro famílias possuem dívidas ou contas em atraso, de acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Mesmo assim, é possível se planejar e se organizar financeiramente. Confira:

1 – Defina todos os gastos mensais e a renda da família

O primeiro passo é identificar o total de despesas que possui, tanto os gastos recorrentes quanto os esporádicos, e qual é a renda mensal da família. É importante listar de forma organizada, sem esquecer nada, desde o aluguel até o cafezinho no fim de tarde. Além disso, calcule a renda mensal líquida, já com os descontos do INSS, Imposto de Renda, entre outras deduções.

2 – Descubra formas de reduzir os gastos

Após saber quanto ganha e o quanto você gasta, descubra se sobra ou falta dinheiro no fim do mês. Caso falte, descubra o que pode cortar ou reduzir para que o orçamento familiar entre no seu bolso e evite contrair dívidas. Se já estiver devendo, priorize o pagamento dessas contas e tente renegociar para obter taxas e condições mais vantajosas. O ideal é que, pelo menos, sobre uma quantia para possíveis emergências.

3 – Estipule prioridades dentro do orçamento

Lembre-se: as prioridades devem ser sempre os gastos essenciais, como alimentação e moradia. Mesmo dentro deles é necessário ter consciência que as despesas devem estar de acordo com a sua capacidade financeira. O valor desses itens, como aluguel, alimentação, educação e saúde deve comprometer 50% da sua renda mensal líquida.

4 – Dê preferência aos cartões de débito e pré-pago

Eles são ótimos aliados para quem está tentando se organizar financeiramente. Uma boa dica é limitar o valor dos gastos considerados não essenciais a30% da renda líquida, no máximo. Dessa forma, a pessoa pode utilizar o cartão pré-pago apenas para esta finalidade, pois assim controla exatamente o montante mensal que pode gastar.

5 – Crie metas para cada categoria de despesa

Organize os gastos por categorias e estipule metas e limites para cada uma delas. Como já citado, despesas essenciais, como moradia e alimentação, devem comprometer até 50% do orçamento total, enquanto que os itens não prioritários, como lazer, não podem ultrapassar 30%. Isso porque é recomendado deixar até 20% da renda para situações emergenciais, como doenças, reparos na casa ou no automóvel.

6 – Faça planejamentos mensais e anuais

É essencial que o controle das despesas seja feito com base na renda e nos gastos mensais. Entretanto, também é recomendável ter um planejamento anual que contemple outros pontos, como eventuais viagens, festas de aniversários, etc. Isso ajuda a antever custos futuros e auxilia a guardar dinheiro com antecedência para não comprometer seu orçamento.

7 – Tenha planos para o seu 13º salário

O 13º salário é um dinheiro extra que é sempre bem-vindo, mas mesmo ele precisa ter um destino adequado para não comprometer suas finanças pessoais. Caso não tenha cumprido a meta de montar uma reserva financeira, esse valor pode ser utilizado para este fim ou ainda para pagar eventuais dívidas contraídas ao longo do ano. Mas se conseguiu manter o planejamento de forma correta, ele pode ser utilizado para complementar atividades de lazer.

*Daniela Batista dos Santos é CFO da Acesso. Formada em Administração em Empresas na USP e com MBA pelo Insper, possuo 20 anos de experiência na área financeira. Iniciei minha carreira em uma das Big Four de Auditoria (KPMG) atuando com empresas multinacionais com report em USGAAP. Participei da formação da área financeira da empresa de e-commerce Submarino e do processo de IPO da empresa, gerenciando a área financeira e de planejamento financeiro por 5 anos.

PRISCILA GOMES
Analista de Relações com a Imprensa
priscilagomes@nbpress.com
www.nbpress.com.br
55 11 3254-6460


O material foi produzido por Daniela Batista dos Santos é CFO da Acesso. Formada em Administração em Empresas na USP e com MBA pelo Insper, possui 20 anos de experiência na área financeira. Iniciou sua carreira em uma das Big Four de Auditoria (KPMG) atuando com empresas multinacionais com report em USGAAP. Participou da formação da área financeira da empresa de e-commerce Submarino e do processo de IPO da empresa, gerenciando a área financeira e de planejamento financeiro por 5 anos.




Fonte: Daniela Batista dos Santos-CFO da Acesso