POLÍTICA

Logomarca

NOTÍCIAS - POLÍTICA

Câmara de Divinópolis anuncia cortes e contenção de despesas

14/04/2020

imprimir Facebook Twitter
Capa

O presidente da Câmara Municipal de Divinópolis, vereador Rodrigo Kaboja (PSD), anunciou na tarde desta terça-feira (14), um pacote de medidas para a contenção de despesas no Poder Legislativo. Dentre as ações previstas, esta a extinção de cargos comissionados, o corte dos lanches dos vereadores, a suspensão de contratos de prestação de serviço, dentre outras medidas administrativas internas. Parte das ações já entrarão em vigor nesta quarta-feira (15) com a publicação das Portarias nº 60 e nº 61 no Diário Oficial do Município. 

De acordo com Kaboja, as medidas de economia e austeridade são necessárias diante do impacto econômico e financeiro causado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). “É um momento de cautela e precisamos mostrar ainda mais austeridade! Tivemos uma redução significativa das contas de água, energia elétrica, dentre outras despesas internas nesse período de suspensão das atividades, bem como com as férias coletivas, onde os funcionários e servidores, sem nenhum custo adicional, ficaram em suas casas, parte em regime home-office e usufruíram dos seus direitos. Mas após conversas com os departamentos da Câmara, Mesa Diretora e com os parlamentares, seja por meio de pedidos e demandas sociais, avaliamos e estamos fazendo a nossa parte enquanto representantes eleitos”, afirmou. 

O presidente detalhou as medidas. “ De imediato, teremos a extinção de cargos comissionados, conforme a justiça já havia determinado em uma recente decisão; o corte de lanches e bebidas para os vereadores, a suspensão de contratos de prestação de serviço, como é o caso da transmissão via TV das reuniões, verba de publicidade, bem como da manutenção do Painel Eletrônico. Internamente, continuamos estudando novas medidas administrativas visando a redução dos gastos", acrescentou.

Ainda, de acordo com o chefe do Poder Legislativo, a intenção é mostrar que a Câmara precisa e sempre dará sua contribuição em momentos de crise e dificuldades. "Ainda estou conversando com os vereadores, mas outra mudança proposta é a redução das verbas de gabinete, como material de expediente, telefone, correios e diárias para viagens, e também a questão do salário dos parlamentares para a próxima legislatura, uma vez que para a atual a lei não nos permite nenhuma alteração. Essa inclusive, tem sido uma medida bastante debatida e eu tenho acompanhado. Mas sem nenhum tipo de populismo e demagogia, vamos conversar, dialogar e dar a nossa contribuição nesse momento onde todos estão sendo chamados a se unir e dar sua contribuição', finalizou. 

Por Elias Costa - Coordenador de Comunicação


 1 2 3 4 5 6 Fim