POLÍTICA

Logomarca

NOTÍCIAS - POLÍTICA

Sem salários, médicos da UPA podem iniciar a qualquer momento operação tartaruga

20/11/2018

imprimir Facebook Twitter
Capa

Os médicos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Divinópolis podem iniciar a qualquer momento operação tartaruga por conta de atraso salarial. A informação foi passada pela vereadora Janete Aparecida (PSD) durante a reunião desta terça-feira (20) na Câmara Municipal.

Em seu pronunciamento, a vereadora revelou uma conversa que teve com o diretor clínico da unidade, Rodolfo Monteiro Barbosa, que não descartou essa possibilidade se os salários não forem quitados.

O atraso nos honorários dos médicos da UPA está caminhando para o terceiro mês e as notas fiscais somam mais de R$ 1 milhão. Ao 'Portal Centro Oeste', o Superintendente da UPA, José Geraldo Alves, confirmou os atrasos, mas disse que ainda não foi notificado pela categoria sobre uma possível operação tartaruga na unidade.

Nesta segunda, a Prefeitura decretou estado de emergência financeira devido à falta de transferências constitucionais do Governo Estadual ao Governo Municipal.  A dívida do Estado com o Município é de R$ 97 milhões, sendo mais de R$ 70 milhões só com a saúde.

A Prefeitura informou que não foi notificada sobre a operação tartaruga e que não tem previsão para efetuar o pagamento dos médicos.  


Início  11 12 13 14 15 16 17 Fim