POLÍTICA

Logomarca

NOTÍCIAS - POLÍTICA

Vereador César Tarzan tem prisão preventiva decretada

31/01/2018

imprimir Facebook Twitter Google
Capa

O vereador César Tarzan (PP) teve decretado pela Polícia Federal um pedido de prisão ontem (30/01). O Juiz Eleitoral determinou o pagamento de uma fiança de R$ 10 mil, em 24 horas, ou do caso contrário o vereador será preso.

Em entrevistas o vereador disse que acredita que a decisão tenha sido tomada pelo fato de que ele viajou no inicio do ano para as cidades de Ubatuba e Aparecida do Norte em São Paulo. Mas de acordo com o Delegado Benício Cabral que preside o inquérito, o motivo do pedido de prisão é o fato de que o vereador voltou a ameaçar testemunhas dos casos investigados. 

Atualmente o Edil é investigado pela Polícia Federal pelos crimes de boca de urna, falsidade ideológica e compra de votos. Sendo que em junho do ano passado o Ministério Público junto com a PF, solicitaram uma medida cautelar contra o parlamentar que foi acatada pelo juiz.

A medida foi pedida após o vereador tentar interferir no depoimento de testemunhas do caso que está em investigação desde março do ano passado.

 1 2