POLÍTICA

Logomarca

NOTÍCIAS - POLÍTICA

Vereador sugere que secretários municipais coloquem os cargos à disposição da Prefeitura de Divinópolis

24/04/2018

imprimir Facebook Twitter Google
Capa

O vereador Marcos Vinícius (PROS) sugeriu em entrevista à Rádio Divinópolis, que o secretariado da Prefeitura coloque os cargos à disposição do Prefeito Galileu Machado (MDB) que está propondo uma reforma administrativa no Executivo Municipal. O parlamentar alega que os secretários têm deixado a desejar em suas funções.  

“É fato que a Prefeitura passa por dificuldades financeiras, mas algumas situações simples que nem demandam investimentos financeiros deixam a desejar. É uma questão de gestão, de má administração de alguns secretários. Então, o Prefeito Galileu deveria aproveitar essa reforma administrativa para arrumar a casa”, disse o parlamentar.

Marcos Vinícius ressaltou ainda que o Prefeito Galileu Machado não teve tempo necessário para montar uma equipe de transição que pudesse acompanhar a situação do governo anterior e se inteirar da situação calamitosa da Prefeitura.

“Ele (Galileu) teve que montar a sua equipe as presas, e muita gente assumiu cargos não tem correspondido, por isso, eu insisto com essa sugestão que eu tenho feito no sentido de que todos os secretários e ocupantes de cargos comissionados, tanto do primeiro escalão como do segundo escalão, que coloquem seus cargos à disposição do Prefeito para que o Prefeito tenha totais condições de fazer uma reforma que seja de fato estruturante e não apenas pontual de uma redução e cargo ou junção de secretarias”, disse.

Mudanças

De acordo com Marcos Vinícius, a reforma administrativa não prevê nenhuma mudança radical, a princípio, apenas pequenas alterações, como por exemplo, redução de algumas secretarias para diretorias e a extinção de alguns cargos.

“A informação que eu tenho é de que as secretarias de Esporte e Cultura seriam reduzidas a diretorias, sendo aglutinadas pela secretaria Municipal de Educação, além do esfacelamento da Usina de Projetos que seria abrigada no corpo da secretaria de Obras”, revelou.

Repórter, Amaral Júnior  

 1 2 3